O Curso

Turma 2016-1

Enfoque

Territórios e Conhecimentos Indígenas no Bioma Mata Atlântica

Habilita para

Anos Finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio

Carga horária

  • 3.852 horas/aula
  • Duração: 4 anos (8 semestres)
  • Início: abril de 2016

Candidatos ao Curso

 Povos indígenas que vivem na parte meridional do Bioma Mata Atlântica: Guarani (ES, RJ, SP, PR, SC, RS), Kaingáng (SP, PR, SC, RS) e Xokleng (SC), com Ensino Médio completo ou em conclusão em 2015.

 Estrutura do Curso

O Curso, em regime presencial especial, acontecerá com etapas concentradas e será desenvolvido na Pedagogia da Alternância: Tempo Universidade e Tempo Comunidade.

Proposta curricular

    A matriz curricular está organizada em regime semestral, sendo constituída por carga horária distribuída entre o Tempo-Universidade e o Tempo-Comunidade, incluindo as atividades de pesquisa de campo. Também há previsão de atividades artístico-culturais e de viagens de estudo para visitas a museus, sítios arqueológicos, institutos de pesquisas, arquivos públicos, bibliotecas, laboratórios, entre outros.
    Cada semestre letivo será composto de etapas intensivas, que ocorrerão nas comunidades, conforme especificado anteriormente e no Campus da UFSC – Florianópolis, nos meses de fevereiro, maio, julho e outubro, coincidindo com o período de férias e recesso escolar. Esse conjunto perfaz um total de 3.420 horas, com carga horária distribuída em oito semestres, ou seja, quatro anos.
    A primeira turma se constituirá como projeto experimental, financiado pelo PROLIND/SECAD/MEC, UFSC e parcerias.

Turma 2011-1

Enfoque

           Territórios Indígenas: Questão Fundiária e Ambiental no Bioma Mata Atlântica

Habilita para

  • Licenciatura da Infância: Formação inicial comum para a docência na Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental das escolas indígenas
  • Licenciatura das Linguagens: Ênfase Línguas Indígenas
  • Licenciatura em Humanidades: Ênfase Direitos Indígenas
  • Licenciatura do Conhecimento Ambiental: Ênfase em Gestão Ambiental

Carga horária

  • 3.420 horas
  • Duração: 4 anos (8 semestres)
  • Início: fevereiro de 2011

Candidatos ao Curso

    Povos indígenas que vivem na parte meridional do Bioma Mata Atlântica: Guarani (ES, RJ, SP, PR, SC, RS), Kaingáng (SP, PR, SC, RS) e Xokleng (SC), com Ensino Médio completo ou em conclusão em 2010.

Estrutura do Curso

    O Curso, em regime presencial especial, acontecerá com etapas concentradas e será desenvolvido na Pedagogia da Alternância: Tempo Universidade e Tempo Comunidade.

Proposta curricular

    A matriz curricular está organizada em regime semestral, sendo constituída por carga horária distribuída entre o Tempo-Universidade e o Tempo-Comunidade, incluindo as atividades de pesquisa de campo. Também há previsão de atividades artístico-culturais e de viagens de estudo para visitas a museus, sítios arqueológicos, institutos de pesquisas, arquivos públicos, bibliotecas, laboratórios, entre outros.
    Cada semestre letivo será composto de etapas intensivas, que ocorrerão nas comunidades, conforme especificado anteriormente e no Campus da UFSC – Florianópolis, nos meses de fevereiro, maio, julho e outubro, coincidindo com o período de férias e recesso escolar. Esse conjunto perfaz um total de 3.420 horas, com carga horária distribuída em oito semestres, ou seja, quatro anos.
    A primeira turma se constituirá como projeto experimental, financiado pelo PROLIND/SECAD/MEC, UFSC e parcerias.

 

Referência legal

Resolução 04/CEG/2010 – Cria o Curso de Licenciaturas Indígenas