CERIMÔNIA AO MARCONDES NAMBLÁ

06/01/2018 20:04

Condoídos pela tristeza da perda de nosso ex-aluno Marcondes Namblá e indignados pelas circunstâncias cruéis e desumanas do seu assassinato, convidamos para uma cerimônia em sua homenagem, a ser realizada na terça-feira, dia 09 de janeiro de 2018, às 9 horas, no Templo Ecumênico da UFSC.

Será uma ocasião para celebrar a memória deste jovem líder Laklãnõ-Xokleng que vinha trabalhando com afinco para melhorar as condições de vida de seu povo, assim como vinha despontando como um brilhante intelectual indígena. Será uma oportunidade para unir nosso clamor contra a vulnerabilidade e a injustiça que vem ceifando tantas vidas de indígenas no Sul do Brasil.

HOMENAGEM E TRIBUTO A MARCONDES NAMBLÁ

03/01/2018 11:38

PERDEMOS MARCONDES

 

Perdemos todos com a partida brusca, trágica e inadmissível de Marcondes Namblá, ocorrida em 02 de janeiro de 2018. Estamos de luto, sentindo profunda amargura e consternação.

Marcondes, pertencente ao povo Laklãnõ-Xokleng da Terra Indígena Laklãnõ, Alto Vale do Itajaí, integrou a primeira turma do curso Licenciatura Intercultural Indígena da UFSC, cuja formatura ocorreu em abril de 2015. Em seu Trabalho de Conclusão de Curso pesquisou e trabalhou o tema Infância Laklãnõ e a prática dos banhos nos rios, obscurecidos pela construção da Barragem Norte. Em suas Considerações Finais aponta: “Espero que essa reflexão possa contribuir para a construção de um novo pensamento em busca de alternativas para a resolução dessa problemática que hoje está instituída entre os Filhos do Sol e que os Espíritos da Natureza estejam conosco nos direcionando para o caminho certo.”

Marcondes era uma liderança expressiva e ora exercia o cargo de juiz na Terra Indígena. Era exímio falante da língua Laklãnõ e dominava a sua escrita e compreensão. Era professor na Escola Laklãnõ.

Perdemos a criatividade, o brilhantismo, a originalidade e sensibilidade, o empenho, o vigor e os horizontes de Marcondes. Ficamos com a memória, feitos, reflexões, sua alegria, competência e habilidade.

 

Equipe de coordenação do curso Licenciatura Intercultural Indígena.

UFSC, 03 de janeiro de 2018.

 

 

ETAPA TEMPO UNIVERSIDADE – 08 A 20/01/2018

02/01/2018 09:26

Florianópolis, 21 de dezembro de 2017.

Circular nº 06/LII/2017

 

Para: acadêmicos/as da LII/UFSC

Assunto: Informes sobre a etapa de janeiro de 2018

 

Prezadas alunas, prezados alunos Guarani, Kaingang e Laklãnõ-Xokleng do Curso Licenciatura Intercultural Indígena do Sul da Mata Atlântica, turma 2016.

Vocês estão sendo aguardadas/os pela UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA para a terceira etapa do TEMPO UNIVERSIDADE, do semestre 2017-2. Seguem abaixo algumas informações importantes:

Período: as aulas terão início no dia 08/01/18 às 8 horas e término no dia 20/01/18 às 12 horas.

A viagem e a chegada serão no dia 07/01, domingo. As/os alunas/os que chegarem a Florianópolis apenas no dia 08 de janeiro devem se dirigir ao auditório do anexo E do CFH (novo prédio), onde as aulas acontecerão.

Alojamento:

– Antigo prédio do Grêmio da Prefeitura Universitária da UFSC, espaço para 30 pessoas em sala única com beliches, disponibilidade de banheiros e chuveiros;

– Antigo prédio do Departamento de Segurança (DESEG), junto à Prefeitura Universitária da UFSC: espaço para 10 pessoas em quartos separados, com dois sanitários com chuveiros. Atenção: esse espaço é prioridade de mães/pais com crianças.

Documentos e materiais a comporem a bagagem da/o estudante:

  • Materiais para as aulas: caderno, caneta, lápis, régua, pasta e demais itens convenientes.
  • Materiais para hospedagem: roupas de cama, banho, cobertas, travesseiro.
  • Itens para o bem estar: roupas, ventilador (a temperatura nessa época na Ilha de Santa Catarina varia de 28 a 33ºC graus, em média), material de higiene pessoal, remédios de uso contínuo (a Licenciatura Indígena não possui disponibilidade e/ou autorização para comprar ou oferecer medicamentos aos/às estudantes e crianças).
  • Alimentação para o trajeto das aldeias até a UFSC, especialmente no caso das aldeias mais distantes. ATENÇÃO: não há recursos para pagamento de jantar durante a viagem.
  • ATENÇÃO: Tragam leves cobertores, pois também há a possibilidade de ventos, chuvas e queda de temperaturas. Quem preferir dormir em barraca de camping poderá trazer para montar no espaço do grêmio.

 

 

Alimentação:

Será oferecido café-da-manhã no Grêmio e almoço e jantar no Restaurante do Centro de Ciências Agrárias, no bairro Itacorubi (NOVO LOCAL). Haverá ônibus da UFSC saindo do ponto de ônibus em frente à Arquitetura, nos seguintes horários: almoço a partir das 11h e janta a partir das 17 h. Qualquer gasto extra é responsabilidade dos/as acadêmicos/as.

Crianças:

Como é de conhecimento, a UFSC aceita a vinda de crianças com até 5 anos, filhos/as dos/as acadêmicos/as da LII. Mas, será necessário que os pais/mães assinem um termo assumindo a inteira responsabilidade sobre a guarda das crianças.

As mães/pais que trouxerem crianças deverão se responsabilizar com a vinda de cuidadoras.

O projeto de extensão “Esse lugar também é seu”, coordenado pela educadora Dalânea Cristina Flôr, terá continuidade nesta etapa.

Deslocamento:

Nesta etapa, a UFSC está providenciando o transporte das respectivas aldeias até a Universidade e retorno. Haverá ônibus para o transporte das/os alunas/os Kaingang e Xokleng, além de carros menores para o transporte das/os alunas/os Guarani, conforme itinerário abaixo.

As/Os alunas/os residentes no Rio Grande do Sul devem se informar junto a sua regional da FUNAI (instituição parceira do curso), para organização dos pontos de passagem do ônibus contratado pelo curso.

ATENÇÃO: o trajeto da residência até o ponto de passagem dos ônibus é responsabilidade do/a acadêmico/a.

Itinerários de ônibus e carros:

Guarani

Dia: 07/01/2018

Um carro (Taxista Deca) apanhará as/os alunas/os residentes em aldeias no município de Biguaçu: saída da aldeia Amaral às 15h, passando pelo Morro da Palha e, por último, aldeia M’Biguaçu.

 

 

Laklãnõ/Xokleng (Empresa Edtur)

Dia: 07/01/2018

Horário de saída do primeiro ponto: 13h.

Itinerário:
ATENÇÃO: Entrada pela cidade José Boiteux

Ponto 1: escola João Bonelli (Laklãnõ)

Ponto 2: antiga escola da aldeia Palmeira

Ponto 3: escola EIEB Vanhecu Patte da aldeia Bugiu

Saída por Dr. Pedrinho.

 

Kaingang (Empresa Roquetur)

Dia: 07/01/2018

Itinerário:
06:00h – município Miraguaí, em frente à rodoviária;
06:20h – comunidade de Irapuá, em frente ao mercado Buava;
07:20h – município de Santo Augusto, escritório da Funai, centro;
09:00h – município de Palmeira das Missões, em frente à Polícia Rodoviária Federal;
09:40h – município de Ronda Alta (comunidade Alto Recreio), na parada de ônibus;
11:30h – município de Nonoai, escritório da Funai;
13:30h – município de Xanxerê, na rodoviária.
Os alunos Domingo Hugo de Oliveira, Darci da Silva, Tiago Timóteo, Floriano da Silva, Rosinha de Oliveira e Jaciane Fideles devem retirar suas passagens nos guichês das empresas de transporte rodoviário na rodoviária de suas cidades, conforme orientações já encaminhadas por email.

 

Excelente viagem a cada qual. Até breve.

A Coordenação.